pppp
Casa do Seu Gozozo
pppp
25/02/2017

Durante o começo da tarde do dia 11 de janeiro de 2017, em pleno Centro de Teresina, movimentado naquela ocasião como de costume, um fato inusitado acontece: uma casa antiga com pintura predominante nas cores branco e rosa simplesmente desabou, destruindo dois carros. Os veículos aguardavam no semáforo presente no cruzamento da ruas Barroso e Areolino de Abreu, esta última passagem obrigatória de ônibus coletivos que vão em direção à Praça Marechal Deodoro.

Muito se falou sobre o desabamento na imprensa local, mas quase ninguém mencionou que casa era aquela, quando foi construída, em qual período e quem são seus proprietários.

pppp
Casa do Seu Gozozo.
(1987 / FUNDAC / Acervo digital Teresina Antiga / Foto por: n/d)
(Clique para ampliar)

Seu Gozozo e o casario

É compreensível a lacuna deixada no noticiário teresinense. Afinal, até o momento sabe-se pouco sobre quando e quem teria construído o casario que ruiu naquele fatídico dia.

Há imagens no acervo da FUNDAC com esta casa, batidas na década de 1980. O verso de uma delas traz as seguintes informações: “Casa de Seu Gozozo. Rua Areolino de Abreu, esquina com rua Barroso”. Quem teria sido ele?

Gozozo foi um antigo comerciante de Teresina, já falecido, que mantinha neste casarão uma mercearia ou quitanda. Vendia desde alimentos a quinquilharias. Morava ali também, só que nos fundos. Consta que desde sua juventude atuava na área comercial sendo, portanto, experiente no ramo.

pppp
Lateral da Casa do Seu Gozozo na rua Areolino de Abreu.
(1987 / FUNDAC / Acervo digital Teresina Antiga / Foto por: n/d)
(Clique para ampliar)

É muito lembrado pelo pessoal de mais idade como um velhinho que ficava atrás do balcão de madeira e que sempre se irritava quando alguém – geralmente garotos de pouca idade – lhe perguntava se tinha botão baleiro, espécie de peça usada para pôr em paletós e casacas mas também para jogar o conhecido futebol de botão.

A interessante e cômica história dos possíveis motivos da ira perante uma aparente pergunta inofensiva ficou gravada no anedotário teresinense, e Seu Gozozo imortalizado como um personagem pitoresco da capital. Foi relembrada por Eurípedes de Aguiar – neto do ex-governador Eurípedes de Aguiar e irmão de David Aguiar, o "primeiro hippie de Teresina" – em seu perfil da rede social Facebook e publicada por Toni Rodrigues no blog Amigo da Notícia (Confira a história aqui).

pppp
Aspecto da rua Barroso na altura da rua Areolino de Abreu em 1938.
A Casa do Seu Gozozo está no lado esquerdo, parcialmente cortada na fotografia.
Até o momento este é o registro imagético mais antigo do imóvel.
(1938 / Casa da Cultura / Acervo digital Teresina Antiga / Foto por: n/d)
(Clique para ampliar)

A fotografia mais antiga que se conhece da casa até o instante, porém, não são as da década de 1980. Uma imagem da Casa da Cultura dá destaque à rua Barroso na altura da rua Areolino de Abreu, vistas aqui sem pavimentação alguma. Datada de 1938, época da administração do prefeito Lindolfo Monteiro (1936-1945), a casa está ao lado esquerdo, parcialmente cortada no registro, a mesma onde vemos em primeiro plano um garoto de chapéu se apoiando nas paredes e praticamente posando para a posteridade.

Embora seja, por enquanto, a imagem mais antiga conhecida, a edificação parece ter sido construída muito antes. O aspecto arquitetônico dela – esquina em chanfro, portas e janelas ogivais, beirais, paredes em adobe etc. - lembra muito outras de Teresina que surgiram entre o final do século XIX e a primeira década do século XX como a Casa de Antonino Freire, a Casa Joca e a Casa Dôta.

pppp
Casa do Seu Gozozo em junho de 2015.
(04 de junho de 2015 / Acervo digital Teresina Antiga)
(Clique para ampliar)

Negligência e escombros

Em 04 de junho de 2015, a equipe do Teresina Antiga percorreu o Centro tirando fotos e catalogando antigas edificações da cidade. Três imagens externas da Casa do Seu Gozozo foram registradas na época. Exceto por uma pichação na porta, por fora o imóvel aparentava estar em ótimas condições. Mas por dentro a história era outra.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (CREA-PI) constatou que a Casa do Seu Gozozo estava completamente abandonada e sem manutenção alguma. O madeiramento também já era bem antigo e apresentava cupins.

A negligência do atual proprietário – a Construtora e Empreendimentos Imobiliários União Ltda., pertencente ao engenheiro e empresário Marcelo Almeida –, aliado às fortes chuvas contribuiu para o desabamento. Fora isso há também a legislação sobre imóveis antigos. A multa por uma edificação que ruiu com o tempo é um prejuízo menor a proprietários que ignoram a memória de Teresina. Os lucros obtidos na venda do terreno, muitas vezes em localização privilegiada e altamente valorizada no mercado imobiliário, são maiores e acabam sanando os danos gerados pela penalidade monetária. Por esse motivo, não é de se estranhar que muitos deixem edificações de valor histórico ainda não tombadas sucumbir com o tempo.

pppp
Escombros da Casa do Seu Gozozo em fevereiro de 2017.
(Fevereiro de 2017 / Acervo digital Teresina Antiga)
(Clique para ampliar)

Nossa equipe também esteve no lugar durante o mês de fevereiro de 2017. Se antes apenas uma parede e parte do telhado haviam caído, agora só restam escombros do casarão. A Construtora e Empreendimentos Imobiliários União Ltda., em um estranho acordo fechado com o Ministério Público do Estado do Piauí e a Prefeitura de Teresina, demoliu o restante para muito provavelmente construir ali um moderno conjunto de lojas comerciais. Antes o Ministério Público do Estado havia cogitado que o proprietário reconstruísse o imóvel, algo que nós do Teresina Antiga sempre duvidamos que fosse realmente acontecer.

Restaram da Casa do Seu Gozozo apenas entulhos, um provisório estacionamento e duas pichações nas estruturas de madeira colocadas pelo Corpo de Bombeiros para isolar a área com os dizeres Teresina no chão e R.I.P. memória de Teresina revelando indignações de alguns setores da sociedade teresinense sobre os últimos e derradeiros acontecimentos.

Confira mais imagens da Casa do Seu Gozozo

pppp
Edificação: Casa do Seu Gozozo
Local: Esquina das ruas Areolino de Abreu e Barroso.
Inauguração: Início do século XX.
Proprietário mais conhecido: Seu Gozozo.
Atual proprietário: Construtora e Empreendimentos Imobiliários União Ltda.
Demolição: 11 de janeiro de 2017
pppp
Ajudaram para esta postagem:
# G1. Parte de casarão desaba sobre dois carros no Centro de Teresina.. Acesso em 24 de fevereiro de 2017.

# MEIO-NORTE. Casarão que desabou vai ser centro comercial de 45 lojas no Centro. Acesso em 24 de fevereiro de 2017.

# MOTA, Álvaro Fernando. A memória foi ao chão. IN: Jornal Diário do Povo. Teresina, 23 de janeiro de 2017.

# PORTAL AZ. Dono de casa que desabou no centro de Teresina irá retirar o telhado e recuperar imóvel. Acesso em 24 de fevereiro de 2017.

# REPÓRTER 13. MP determina recuperação de casa que desabou no Centro de Teresina. Acesso em 24 de fevereiro de 2017.